O Sector Agrário contribui em 16% na produção global valorada da Província de Maputo

Os dados foram avançados pela Directora Provincial de Agricultura e Segurança Alimentar Leonor Neves no informe que versava sobre o ponto de situação da Campanha Agrária 2016/17, bem como, o ponto de situação da comercialização agrícola, ao que enalteceu que foram lavrados cerca de 291.850 ha, das 255.904 ha planificadas para a campanha global, com uma realização de 114% e um crescimento de 83%, em relação ao mesmo período da campanha passada que foi de 159.252,6ha.
No concernente a produção, referiu que foram produzidas 302,776 tons de cereais, das 266.412 tons, planificadas, um crescimento de 52%, em relação ao mesmo período da campanha anterior que foi de 199.371 tons; 50.620 tons de leguminosas e 373.393 tons de Raízes e Tubérculos, correspondente a um crescimento de 1,7%, em relação ao mesmo período da campanha da passada. Nas fruteiras foram produzidas 275.898 tons; 598.639 tons de Hortícolas, cerca de 1.717.719 tons de cana-de-açúcar e 303 tons de castanha de caju.
Os efectivos pecuários foram arrolados cerca de 338.934 bovinos, 39.863 ovinos, 42.155 suínos e 659.672 aves. A produção de carnes foi estimada em cerca de 6.516 tons de carne bovina, 43 tons de carne caprina, 8 tons de carne ovina, 175 tons de carne suína, 46.633; 125,250 litros de leite e 6.307.517 dúzias de ovo.
Nesta missão, a Vice-Ministra da Agricultura e Segurança Alimentar escalou Quinta Cascata que se dedica a produção de hortícolas, abóbora, milho e fruteiras; Empresa Nova Sun um empreendimento privado que se dedica a produção da banana, no Distrito da Namaacha e ainda a propriedade de produção de pequenos ruminantes; Unidade de Produção de Gado Bovino da Associação Hluvuku, Unidade de produção de arroz, China Africa Agricultura e a Empresa Agro Campos que se dedica a produção de frangos no Distrito de Matutuine.
No segundo dia da visita a delegação visitou as propriedades de Ezequiel Cgongo e Chibanza, apostados na criação de gado bovino; Estação Zootécnica de Chobela e visita a propriedade do senhor Sérgio Lisboa Cossa que está empenhado na produção de hortícolas.
No balanço da visita, Luisa Celma Meque, Vice-Ministra da Agricultura e Segurança Alimentar sublinhou que a mesma permitiu colher percepções, visões, aconselhamentos e indicadores para mensurar e tirar ilações no concernente ao decurso da Campanha Agrária 2017/2018, para o efeito é notável o esforço empreendido pelos produtores. Na interacção que manteve com os produtores e criadores reiterou para a necessidade do aumento da produção e produtividade, a importância na conjugação de esforços e sinergias para a produção de alimentos em quantidade e qualidade rumo a melhoria da segurança alimentar e nutricional.

Artigos relacionados

eskisehir escort porno
umraniye escort
sirinevler escort beylikdz escort atakoy escort sisli escort bakırky escort escort bayan şirinevler escort escort bayan beylikduzu escort halkali escort escort bayan
porn
sivas escort yalova escort
sakarya escort
yerli porno izle
free porn videos