Nhamatanda vai processar tomate

UMA fábrica de processamento de tomate poderá entrar em funcionamento a partir deste
ano no posto administrativo de Tica, distrito de Nhamatanda.

A garantia foi dada ao “Notícias” pelo administrador deste distrito, Boavida Manuel, apontando ter sido concessionada a uma entidade denominada Hub Assistência Técnica e Formação,
que já se encontra a trabalhar para garantir o arranque da fábrica.

Boavida Manuel afirmou que os gestores apostam em agregar mais valor na fábrica que, para além de tomate, vai processar todo o tipo de frutas. As barreiras económicas fizeram com que a fábrica,
edificada através dos fundos do governo provincial de Sofala, não começasse a funcionar há
três anos.

De acordo com a fonte, nesta fase a entidade que se vai encarregar na gestão da referida unidade está a criar bases ao nível das províncias do nosso país para que não falte matéria–prima.

A meta da empresa concessionada é produzir, anualmente, 200 mil toneladas de produtos diversos. Espera-se, igualmente, a geração de muitos empregos directos e indirectos. Boavida Manuel revelou que os gestores da empresa de processamento se comprometem a comprar produtos agrícolas produzidos ao longo do Vale do Zambeze.

“Aqui o desafio lançado é no sentido de se prepararem para produzir muito. A HUB, através de uma empresa criada para gerir a unidade de processa-mento, está a trabalhar para adquirir os produtos agrícolas produzidos no Vale do Zambeze. Eles compram e depois poderão revender em locais onde os mesmos escasseiam”, explicou.Está, igualmente, garantida a assistência técnica aos cam-poneses, como forma de, futu-ramente, passarem a fornecer produtos de qualidade.

Segundo a nossa fonte, o concessionário adquiriu alguns equipamentos de rega “gota a gota”, que faz a entrega aos produtores mediante a celebração de contratos para amortização na altura das colheitas.
O distrito de Nhamatanda localiza-se ao longo do Corredor da Beira e é potencialmente agropecuário.
A população, na sua maioria, dedica-se à produção agrária, mas queixa-se em todas as épocas de perdas pós-colheita, sobretudo no tocante a produtos perecíveis, com destaque para as hortícolas.
Entretanto, alguns camponeses ouvidos pela Reportagem do “Notícias”, no posto administrativo de Tica, afirmaram estar ansiosos pela entrada em funcionamento desta empresa.Nhamatanda vai processar tomate Boavida Manuel, administrador de Nhamatanda
———-
Jornal Notícias, Quita-Feira, 22 de Fevereiro de 2018

Artigos relacionados

eskisehir escort porno
umraniye escort
sirinevler escort beylikdz escort atakoy escort sisli escort bakırky escort escort bayan şirinevler escort escort bayan beylikduzu escort halkali escort escort bayan
porn
sivas escort yalova escort
sakarya escort
yerli porno izle
free porn videos