Na Presente Safra: Baixo Limpopo prevê colher 24 mil toneladas de arroz

Na campanha 2018/2019 Gaza prevê colher 24 mil toneladas de arroz
Nesta presente safra de arroz a Província de Gaza espera colher cerca de 24 mil toneladas de arroz resultantes de uma área de plantação de 4300 hectares.

A cerimónia de lançamento da campanha da ceifa do arroz foi dirigida pelo Ministro da Agricultura e Segurança Alimentar, Higino de Marrule, no Regadio do Baixo Limpopo, na Cidade de Xai-Xai, Província Gaza.
No acto do lançamento oficial da ceifa do arroz naquele ponto, o Ministro da Agricultura e Segurança Alimentar, reconheceu que o projecto Wanbao, através da sua experiência e determinação tem transformado os desafios em oportunidades, onde as suas intervenções traduzem-se em aumento da produtividade e produção, geração da renda para as famílias, elevando a qualidade de vida dos mesmos.
Segundo o Ministro, no âmbito da cooperação com o Governo da China os níveis de produtividade no arroz saíram de 3.600 toneladas na campanha 2011/2012 para 24.000 toneladas produzidas na campanha 2017/18, uma evidência de aumento da produção.
“O programa de transferência de tecnologias de produção de arroz em parceria com Wanbao iniciou com 22 produtores na campanha 2011/2012 passando actualmente para 418 e a produtividade do arroz aumento o rendimento médio de 3,5 ton/ha na campanha de 2012/2013 para 7 ton/hectare na campanha 2017/2018”. Na ocasião o Ministro desafiou o Regadio de Baixo Limpopo a passar a sua experiência para outros regadios do país.
Por seu turno, a Governadora da Província de Gaza, Stella da Graça Pinto Novo Zeca disse que, a cerimónia comprova o crescimento que a província tem observado a cada ano. O arroz é a cultura de bandeira da Província de Gaza e é um produto exibido nas melhores prateleira dos mercados da capital do país porque é arroz de qualidade produzido pelos produtores locais o que constitui um orgulho para o sector agrário.
Na ocasião a Governadora, enalteceu o esforço e engajamento empreendido pelos produtores daquela parcela do país no aumento da produção e produtividade do arroz que é uma cultura de bandeira daquela província, facto que vai permitir que o país exporte poucas quantidades do arroz estrangeiro.
“Quero agradecer o apoio que o Governo de Moçambique tem dado a província com vista a alcançar as metas traçadas e dar contributo na produção de alimentos, bem como o apoio do Governo da China pelos projectos dinâmicos que tem trazido no sector agrário e tecnologias que permite que os produtores saiam 1.5 toneladas por hectare para 8 a 9 toneladas graças a tecnologia chinesas”

Artigos relacionados

eskisehir escort porno
redtube
umraniye escort
porn
sivas escort yalova escort
escort malatya escort manisa
izmir escort bayan porno gratis
ankara escort
huluhub.com
sex movies
kurtkoy escort
porno xxx bf hindi
kusadasi escort bayan
kocaeli escort
gaziantep escort antep escort
atasehir escort