INCAJU fornece mudas para o fomento da cultura do caju

O instituto de fomento de caju na Zambézia fornece. a partir deste mês, mudas de cajueiros, às comunidades da zona tampão da reserva nacional de Gilé, para reduzir a pressão sobre os recursos naturais daquela área de conservação.
O Delegado do INCAJU na Zambézia, Ilídio Bacar, afirmou que a sua instituição vai fornecer dez mil mudas, para as famílias na área tampão da reserva nacional de Gilé, incrementarem as rendas através da produção da castanha de caju.
Aquela área de conservação, que ocupa parte dos Distritos de Pebane e Gilé, tem sido alvo de actividades ilegais, para o corte de madeira, caça furtiva e exploração de minérios.
Em Pebane e Gilé, o sector familiar tem uma longa tradição na produção de castanha de caju. Este ano, há produtores em Mulela, Distrito de Pebane que obtiveram rendimentos na ordem de duzentos mil meticais, pela venda da castanha de caju. É o caso de Joaquim Sozinho de quarenta e sete anos de idade.
No Distrito de Pebane, perto de trinta mil agricultores do sector familiar dedicam se a produção da castanha de caju. Devido ao seu elevado preço na compra da castanha de caju ao produtor, a procura por mudas desta cultura tende à aumentar.
O Delegado do Instituto Nacional de fomento do Caju na Zambézia, afirmou que outros Distritos da Província necessitam também de mudas de cajueiros. (RM-Zambézia)

Artigos relacionados

eskisehir escort porno
umraniye escort
sirinevler escort beylikduzu escort atakoy escort sisli escort bakirkoy escort escort bayan sirinevler escort escort bayan beylikduzu escort halkali escort escort bayan
porn
sivas escort yalova escort
escort malatya escort manisa
etlik escort