IIAM acaba de libertar três variedades de feijão-Vulgar

Os ensaios foram realizados sem adubação fosfatada nos distritos de Chókwé (Gaza), Sussundega (Manica), Angónia (Tete) e Gurué (Zambeze), que são zonas agro-ecológicas de maior produção de feijão-vulgar.
As variedades, provisoriamente denominadas AP 82,AP 89 E LPA 31, destacam-se por serem tolerantes á baixa fertilidade dos solos, chegando a produzir três vezes mais em relação ás actualmente cultivadas. Estas chegam a atingir até três toneladas por hectare com o uso de adubos e 1.4 tonelada por hectare sem o emprego de fertilizantes.
Os estudos realizados durante o processo de selecção das variedades indicam que a LPA 31 é a que possui maior aceitação para comercialização, enquanto as AP 82 e AP 89 servem tanto para venda como para consumo.
A partir da próxima campanha agrícola o IIAM irá produzir variedades de cada uma das espécies para alimentar a produção de semente certificada.
Os feijões pertencem ao grupo de culturas prioritárias no país, na medida que são produzidas maioritariamente pelo sector familiar, contribuindo para o aumento da renda e segurança alimentar.
A disponibilização destas variedades é o culminar de um trabalho de investigação conduzido por investigadores do programa Nacional de Leguminosas de Grão, do IIAM baseados no Chókwé e Sussundega.

—————
Publicado, JN, Segunda-Feira, 09 de Abril de 2018, pg.30

Artigos relacionados

eskisehir escort porno
umraniye escort
sirinevler escort beylikduzu escort atakoy escort sisli escort bakırkoy escort escort bayan sirinevler escort escort bayan beylikduzu escort halkali escort escort bayan
porn
sivas escort yalova escort
escort malatya escort manisa
etlik escort