Governo negoceia mais fundos para a irrigação

O Ministério de Agricultura e segurança Alimentar está a negociar um financiamento junto do Banco Mundial no valor de 80 milhões de dólares norte-americanos para a implementação do Projecto de Irrigação e Acesso aos Mercados para os Agricultores de Pequena Escala (IRRIGA).
O Projecto poderá ser implementado em quatro províncias do país, nomeadamente Manica, Sofala, Zambézia, numa área de mais de sete milhões de hectares.
Nesta perspectiva, a cidade de Quelimane acolheu, semana finda, uma consulta pública que envolveu o governo, o sector privado e vários segmentos da sociedade civil para discutir e enriquecer a proposta com vista a implementação da iniciativa.
António Tcheco, representante do Projecto de Irrigação de Pequena Escala na Zambézia, disse ao Notícias que o objectivo do programa é expandir a área de irrigação de pequena escala, introduzir tecnologias que permitam o aumento de produtividade, desenvolver ligações entre provedores de insumos e produtores, bem como o acesso aos mercados.
Actualmente, o sector da Agricultura e Segurança Alimentar está a implementar um projecto de Irrigação de Pequena Escala (PROIRRI) na região centro do país, explorando cerca de três mil hectares.
A estes serão acrescidos os sete mil do projecto ainda em desenho e que se espera seja implementado no período entre 2018-2022. Acredita-se que o projecto vai contribuir, de forma decisiva, no estabelecimento e fortalecimento das associações de regantes, melhoria de prestação de serviços e de ligações ao mercado.
O encontro de Quelimane juntou vários intervenientes na cadeia de produção agrícola e tinha por objectivo enriquecer o Quadro de Políticas que visam salvaguardar a Gestão Ambiental e Social, reduzindo os impactos negativos associados ao projecto.
António Tcheco disse, por exemplo, que o projecto que está ainda a ser concluído, com a participação de vários actores, prevê acautelar durante a sua implementação, questões de reassentamento, definir forma de lidar com locais sagrados, bem como os mecanismos para a mobilidade de pessoas, bens e património das famílias e do próprio Estado.
A nível da província da Zambézia, a iniciativa vai abranger 14 distritos com potencial agro-ecologico para a produção de arroz, hortícolas, fruteiras num regime de contrato. No total, serão integrados mais de quatro mil produtores e o foco é promover o desenvolvimento sustentável sem colídir com questões ambientais e socioculturais.
O IRRIGA será a continuação do PROIRRI financiado também pelo Banco Mundial, cujo término está previsto para este ano.
As experiências do projecto que termina serão utilizadas para aprimorar o grau de intervenção de modo que os resultados do novo projecto sejam ainda melhores, nomeadamente, na transformação do pequeno produtor de subsistência para um grande agricultor.
____________
Jornal Notícias, Segunda-Feira, 26 de Fevereirode 2018

Artigos relacionados

eskisehir escort porno
umraniye escort
sirinevler escort beylikduzu escort atakoy escort sisli escort bakirkoy escort escort bayan sirinevler escort escort bayan beylikduzu escort halkali escort escort bayan beylikdz escort beylikduzu escort şirinevler escort şirinevler escort beylikdz escort şişli escort şirinevler escort avrupa yakası escort apa escort beylikdz escort sisli escort mecidiyekoy escort sisli escort
porn
sivas escort yalova escort
escort malatya escort manisa
ankara escort