Arranca campanha de comercialização de algodão caroço no país

O Pais prevê comercializar oitenta mil toneladas de algodão caroço até primeira quinzena de Agosto próximo.
Esta quantidade representa um incremento de cinquenta e cinco por cento comparativamente a campanha passada em que foram comercializadas trinta e seis mil toneladas desta cultura de rendimentos.
O director Geral do Instituto de Algodão de Moçambique, Luís Tomo, apontou as condições climatéricas favoráveis, empenho dos produtores, governo, fomentador e ambiente macroeconómico favorável como estando na origem do incremento da produção do algodão.
Luís Tomo falava esta sexta-feira na sede do posto Administrativo de Etatara, distrito de Cuamba, província do Niassa, no lançamento da campanha de comercialização do chamado ouro branco no pais.
Tomo disse que, na presente campanha de comercialização do algodão caroço, os camponeses poderão arrecadar cerca de dois biliões de meticais.
Na ocasião, o director provincial de Agricultura e Segurança Alimentar do Niassa, José Varimelo, em representação do Governador do Niassa, encorajou a todos os intervenientes na comercialização a trabalharem para sucesso da presente campanha.
As províncias das regiões Centro e Norte do pais, com duzentos e vinte mil camponeses, são as maiores produtoras de algodão no pais.

Artigos relacionados

eskisehir escort porno
umraniye escort
sirinevler escort beylikduzu escort atakoy escort sisli escort bakirkoy escort escort bayan sirinevler escort escort bayan beylikduzu escort halkali escort escort bayan beylikdz escort beylikduzu escort şirinevler escort şirinevler escort beylikdz escort şişli escort şirinevler escort avrupa yakası escort apa escort beylikdz escort sisli escort mecidiyekoy escort sisli escort
porn
sivas escort yalova escort
escort malatya escort manisa
ankara escort